Vida.

Tem gente que diz que está começando agora, tem gente que deixa passar, tem gente que diz que não vale a pena tê-la, tem gente que diz pra aproveitar porque é curta, todo mundo tem sua definição bem particular do que é VIDA e de como dura e de como usá-la. Descobri esses dias que também tenho minha definição para a palavra VIDA e pra mim a definição é não definir, é deixar rolar, joguei boa parte do pouco que vivi fora, tive meus momentos especiais como todos temos, e também os ruins que são a grande maioria, resolvi fazer dessa única coisa no mundo que é dada de coração, e sem preço algum ao ser humano, vou fazer o melhor que puder pra aproveitar minha gratuidade, resolvi aceitar a evolução social e o mundo capitalista, resolvi ser mais um robô da sociedade. Nascer, estudar, trabalhar, morrer, resolvi fazer isso como todo mundo e a partir de hoje vou fazer da minha vida algo menos tedioso, algo mais amoroso, proveitoso.

~ por Anderson Fernandes em Janeiro 11, 2010.

2 Respostas to “Vida.”

  1. Os verbos ‘nascer, estudar, trabalhar, morrer’ não se aplicam a um robô e nenhum ser humano sobre a face da Terra escapa de algum destes. O q nos faz únicos é a maneira como são conjugados em nossas vidas. Portanto, qt mais amoroso vc for, realmente, mais proveitosa penso q será sua vida. Porque o amor é única coisa original no ser humano! ^-^

  2. Fui logo dando palpite e esqueci de tecer o principal cometário (rs): gostei bastante das imagens q vc relacionou aos posts!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: