3ª Pessoa do singular…

M a menina doente_munch

Acho que ele está ficando louco de tanto ouvir música depressiva, será? Talvez ela tenha haver com isso, talvez ele chore porquê doi ou porque apenas não consegue tirá-la da cabeça. Olhando do ponto de vista do “eu” o problema do “ele” é algo simples de se lidar, será que pra “ele” é tão simples assim?
Fiquei sabendo que o sujeito já quis apagar qualquer, melhor dizendo, toda ligação à ela, será que resolve, poderia só ser uma paixão momentanea daquelas que vem forte e vai depressa, mas porque tudo que ele vê faz com que lembre ela? Eu gostaria muito de ajudá-lo só que não posso, por ser tão próximo a ele em erros e também acertos, talvez só piore as coisas.
Eu aconselharia tocar violão, mas violão lembra ela, eu aconselharia ouvir música, mas o gosto deles são um pouco iguais, aconselharia sair ir ao shopping, mas tudo lembra ela fica até doentio de entender e de viver com isso. Dizem que o tempo é o melhor remédio aos que amam, mas se tomar muito desse remédio talvez não tenha tempo de ficar doente denovo, dessa doença que é tão boa e tão ruim. Ninguém torna algo IMPOSSÍVEL em POSSÍVEL só com amor, é simples como descascar uma fruta, ou é ou não é.

~ por Anderson Fernandes em Outubro 17, 2009.

Uma resposta to “3ª Pessoa do singular…”

  1. Não me pergunte como sair dessa porque eu estou numa situação similar. O que me conforta é que sei que o tempo está a meu favor. O que me deprime é saber que essa foi só uma de muitas.
    E que venham os dragões. . .!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: